Médicos debatem iniciativas aplicadas em hospitais para combate ao coronavírus

O presidente da ABRAMEDE – Associação Brasileira de Medicina de Emergência, Hélio Penna Guimarães, participou nesta quinta pela manhã do Webinar COVID-19: Reestruturação dos Hospitais para Enfrentar a Pandemia. Promovido pela AMB – Associação Médica Brasileira, o evento contou, também, com palestrantes do Hospital Israelita Albert Einstein, Hcor Associação Beneficente Síria, Hospital Estadual Mário Covas e Projeto Lean nas Emergências do Hospital Sírio Libanês. Todos apresentaram as estratégias e plano de ação de cada instituição para o combate ao novo coronavírus.

O presidente da ABRAMEDE atuou como mediador do debate, que trouxe informações sobre como hospitais e profissionais estão trabalhando neste momento, a aplicação de protocolos, medidas de proteção aos profissionais de saúde e, até, sobre como ficarão os serviços médicos no pós-pandemia. Para Hélio Guimarães, a troca de experiências e informações é fundamental neste momento. “Estamos diante de uma situação grave em que os profissionais da nossa área estão muito expostos. Por isso, precisamos conhecer ações e procedimentos que vêm sendo implementados nas instituições, com o objetivo de reduzir os riscos.”

Participaram do Webinar 36 médicos e foram 638 visualizações pelo Youtube até ontem à noite, comprovando o sucesso da iniciativa.

Quem quiser assistir ao Webinar na íntegra deve acessar o link https://www.youtube.com/watch?v=BWD5_Eahytc.

 

Sobre a ABRAMEDE – A Associação Brasileira de Medicina de Emergência é a entidade que reúne Médicos Emergencistas de todo o Brasil, bem como outros profissionais que também atuam em atendimentos de emergência, como enfermeiros e socorristas. Fundada em 2008 por um grupo de médicos que queriam mudar a situação das emergências, a ABRAMEDE tem atuação nacional e conta com mais de 20 regionais distribuídas pelo País. Todas trabalham pela valorização profissional, qualificação e conscientização sobre a importância dos hospitais disponibilizarem Emergencistas.

A luta da ABRAMEDE levou algum tempo para começar a dar resultados, mas, em 2015 conseguiu transformar a Medicina de Emergência em uma especialidade médica. Em 2017 foi oficializada como a associação responsável para comandar a Medicina de Emergência no Brasil. Hoje a ABRAMEDE realiza prova para titulação dos novos profissionais e ajuda outras instituições a traçar as estratégias para o desenvolvimento do atendimento e da Medicina de Emergência.

Saiba mais em www.abramede.com.br.

0Shares