As ações da Associação Brasileira de Medicina de Emergência (ABRAMEDE) pelo Dia do Médico Emergencista, celebrado em 16 de setembro, neste ano serão feitas de forma on line, devido à pandemia. Em meio ao trabalho para combater o coronavírus, os médicos de emergência de todo o país serão homenageados através dessas atividades.

O ano de 2020 tem sido desafiador para toda a classe médica. Os profissionais que atuam nas emergências têm atenção redobrada com casos de Covid-19, sem esquecer as demais enfermidades. Além do conhecimento técnico, esse profissional precisa estar alinhado com a legislação, incluindo portarias e diretrizes do sistema de saúde nacional. O Emergencista é formado através de residência médica por um período de três anos ou adquire a titulação através da ABRAMEDE/AMB.

“O ano serve para valorizarmos ainda mais a classe médica. Os emergencistas são profissionais que estão na linha de frente, e são especialistas no acolhimento e diagnóstico”, afirma o presidente da ABRAMEDE, Hélio Penna Guimarães.