A Associação Brasileira de Medicina de Emergência (ABRAMEDE)  está ajudando a levar conhecimento até os médicos de Angola, na África. Através de uma parceria com a AMB – Associação Médica Brasileira, a Associação Médica Angolana (ASMEA) está repassando informações sobre a Covid-19 a médicos do país no continente africano. Através de vídeo-aulas produzidas pela ABRAMEDE, os profissionais de saúde adquirem a experiência necessária para o combate ao coronavírus nas emergências. 

O curso repassa conhecimentos sobre como lidar com o primeiro atendimento, sobre a linha do tempo da doença, os tipos de terapia que podem ser utilizadas, as indicações e necessidades de oferta de oxigênio aos pacientes, e os tipos de dispositivos que podem ser usados no combate à pandemia e aqueles que se demonstraram desnecessários, além de como reconhecer os sintomas de diferentes estágios da Covid-19.

O curso foi disponibilizado no último dia 14 de setembro aos médicos angolanos, e os profissionais terão acesso liberado por 60 dias. O contato para a troca de conhecimentos foi feito todo de forma virtual. A expectativa da ASMEA é que mais de 100 profissionais de saúde sejam capacitados com a aula.